26 agosto 2010

Quanto de sol há na morena amarela que samba na roda sorrindo seus cabelos de leoa aos súditos animais que seguem em bando pelas cifras tortas com seus instrumentos surrados pelas mãos dóceis que em peles sopros e cordas somente imaginam sufocar o amor que lhes escorre pelos poros?

Por que não a idolatram e assim sambaria alegre aceitando lá-iá-lá-iás que lhe penetrariam os ouvidos e desceriam pelo ventre. Por que não não os acaricia ela e assim sentiriam versos subindo pelas pernas.

5 comentários:

dansesurlamerde disse...

ah, que bonito.
vontade de dançar.

beijo.

Clara Sampaio disse...

gosto. =)

snagay disse...

wonderful site you have got, congratulation for your good job. Could you exchange link with my site? it is new, do hope you do not mind to exchange link
Here's mine
http://khdoc.blogspot.com/

http://khmergay.nibblebit.com/
http://amangay.blogspot.com/
cheer,

Khdoc news

Isabela Bimbatto disse...

Bonito demás, Graize! Samba nos faz transpirar amor mesmo, especialmente quando dançamos. (:

Mattos Kane disse...

Essas jubas de leoa são demais!
E vc sabe que a única espécie na natureza onde leoa tem juba é a nossa, né? Pra vc ver como são as coisas...
Kkkkkk!
Foda! Gostei muito!